Fenofibrato

Apresentação

200mg com 30 comprimidos

Divisão

Genéricos

Principio(s) Ativo(s)

Fenofibrato

Categoria

Antiácido

Medicamento Referência

Lipidil

Registro ANVISA

1.5584.0581.002-3

Indicações

É indicado para pacientes com colesterol e/ou triglicérides (tipos de “gordura”) aumentados no sangue, que não responderam à dieta e à outras medidas terapêuticas não medicamentosas (ex.: perda de peso ou atividade física), em especial quando existirem fatores de risco associados, como pressão alta (hipertensão) e uso de cigarro (tabagismo). A dieta iniciada antes do tratamento deve continuar durante o uso de fenofibrato.

Observações

Palavras Chaves

Colesterol, triglicérides

Bula

fenofibrato 200mg. Cápsula dura. MS 1.5584.0581. VIA DE ADMINISTRAÇÃO: ORAL. USO ADULTO. INDICAÇÕES: hipercolesterolemia e hipertrigliceridemia isolada ou combinada em pacientes que não respondem à dieta apropriada à outras medidas terapêuticas não medicamentosas, em especial quando existem fatores de risco associados como a hipertensão e o tabagismo. CONTRAINDICAÇÕES: hipersensibilidade ao fenofibrato ou a qualquer um dos componentes da fórmula; insuficiência hepática; doença renal crônica grave; reação fototóxica ou fotoalérgica conhecida durante o tratamento com fibratos ou cetoprofeno; doença da vesícula biliar e pancreatite crônica ou aguda com exceção de uma pancreatite aguda devido a uma hipertrigliceridemia grave. ADVERTÊNCIAS E PRECAUÇÕES: o tratamento deverá ser interrompido em caso de aumento das taxas de aspartato-aminotransferase (AST) e de alanina-aminotransferase (ALT) acima de 3 vezes o limite superior do intervalo normal. Quando os sintomas indicarem a ocorrência de hepatite, e testes laboratoriais confirmarem, a terapia com fenofibrato deve ser descontinuada. Pancreatites têm sido reportadas por pacientes que tomam fenofibrato, e esse fato pode representar a falta de eficácia nos pacientes com hipertrigliceridemia grave. Causa secundária de hiperlipidemia, como diabetes tipo II não controlada, hipotireoidismo, síndrome nefrótica, disproteinemia, doença hepática obstrutiva, tratamento farmacológico, alcoolismo, devem ser adequadamente tratados antes da terapia com fenofibrato. O tratamento deve ser interrompido em caso de aumento da creatinina > 50% de LSN (limite superior do normal). É recomendado que a creatinina seja avaliada durante os três primeiros meses de tratamentoe depois disso, periodicamente. Não deve ser usado durante a lactação. Este medicamento contém LACTOSE. Gravidez: categoria C - Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica. É contraindicado para pacientes portadores de insuficiência hepática e/ou renal graves. INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS: anticoagulantes orais, ciclosporina, inibidores de HMG-CoA redutase e outros fenofibratos, glitazonas e enzimas do citocromo P450. REAÇÕES ADVERSAS: REAÇÕES MUITO COMUNS (>1/10): elevação do nível de homocisteína no sangue. REAÇÕES COMUNS (> 1/100, < 1/10): sinais gastrointestinais e sintomas (dores abdominais, náuseas, vômitos, diarreia e flatulência) e elevações das transaminases. POSOLOGIA: a dose recomendada é 200 mg por dia por via oral. VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA. MB01/21. Medicamento Genérico - Lei nº 9.787/99

Av. Magalhães de Castro, 4800 - 24° andar - Edifício Continental Tower - Bairro Cidade Jardim - CEP 05502-001
SAC Medicamentos: 0800 97 99 900 - falecom@hypera.com.br


v1.0.0

Minha Seleção